18.8.17

Animais

Hoje não ia publicar nada mas assim que vi um cão, com um tumor maior que ele, tinha que vir falar sobre isso e não podia esperar pelo próximo Então, vamos falar. Este assunto é muito importante!



Então, hoje decidi ir para a praia e lá fui eu. Estava demasiado nevoeiro mas fiquei por lá até às 19h mais ou menos. Quando estava a voltar para casa, vi um cão a andar pela estrada ao lado do passeio. Sendo eu como sou, tive que olhar porque eu sou daquelas pessoas que sempre que vê um cão TEM que gritar dizer "OLHA OLHA OLHA É UM CÃO. AWW É TÃO GIRO!!!". Ia fazer isso até que olho para a sua barriga. O cachorro tinha um tumor enorme e via-se como aquilo o incomodava até ao andar. O meu primeiro instinto foi tentar sair do carro e ir ter com aquele pequeno animal mas, como não estava sozinha, não me deixaram fazê-lo. Deixa-me triste ver um animal naquele estado.

Fui o caminho todo a pensar no cão e com lágrimas nos olhos. Verdade seja dita, o cão ia acabar por ser atropelado (as pessoas aqui da zona não se preocupam com nada!) ou morrer por causa do tumor. É triste. Até porque, muito provavelmente, os donos o abandonaram. Espero que não. Via-se que ele estava bem tratado e tinha uma coleira. Talvez tenha fugido mas, naquele estado, duvido. Ela doloroso para ele andar.

Isto leva-me a perguntar o seguinte: será que ainda vivemos numa sociedade onde os cães, ou outro animal de estimação qualquer, só são giros até ficarem adultos ou adoecerem? Será que não vão ao veterinário? Será que não podem pagar a cirurgia?

Eu respondo a essas perguntas: sim, muitos não e essa é a única pergunta que não consigo responder. As cirurgias devem ser caras e muitos não têm os meios para a fazer. Eu compreendo mas mesmo assim deixa-me triste ver um animal a sofrer daquela maneira. Talvez ele tenha apenas fugido e os donos andam à sua procura. Espero bem que sim!

Falando de outra coisa: não suporto ver animais à venda. Seja por que preço for, não suporto. Há milhares, ou mesmo milhões, à espera de serem adotados e todos sabemos o que acontece aos que não o são... E depois há pessoas que os compram por 700€ ou mais só porque são pequenos e giros. Depois acabam por os abandonar durante o verão ou quando eles crescem porque afinal já não são assim tão pequenos. Será que os animais também têm data de validade? Não suporto.

14.8.17

Desisti do BEDA?



A resposta é sim. Já esperava que isso acontecesse mais cedo ou mais tarde. Talvez seja por isso que o BEDA falhou. A verdade é que não estava a gostar da qualidade dos últimos posts e estava a obrigar-me a escrever, o que para mim tira toda a diversão do blog. Postar algo todos os dias não é para mim, apenas porque não fui escrevendo e agendando os posts com antecedência. Então, eu escrevia um post à pressa só para poder dizer que "postei no blog e ainda não falhei dia nenhum".
A partir de agora, não me vou meter nessas andanças mas vou continuar a acompanhar os vossos BEDAs e vou postar entre 2 a 3 vezes por semana. Os posts de regresso às aulas também vão começar a aparecer por aqui em breve. O primeiro vai ser a minha experiência no 11º ano. Se tiverem alguma sugestão digam-me!
Outra coisa que não estava a correr bem com o BEDA era responder aos vossos comentários e comentar nos vossos blogs. Sempre deixava uma hora para fazer isso todos os dias, antes desta minha aventura. Tenho 28 comentários vossos para responder, vários posts vossos para ler e comentar e vou fazer isso ainda hoje ou amanhã, sem pressões. Não funciono bem sobre pressão.

8.8.17

DIY || Bordados

Como disse ontem, hoje venho-vos mostrar algumas ideias de bordados que podem fazer para transformarem as vossas peças de roupa. E vai ser um post muito rápido, apenas com imagens e alguns vídeos, porque, verdade seja dita, não há muito para explicar. As imagens falam por si.




7.8.17

Dizem que Está na Moda #3

Este tipo de post já não é novidade que no blog. É verdade que já não escrevo nada para esta rubrica há imenso tempo e isso tem uma razão. Apesar de gostar muito da maneira como o Dizem que Está na Moda foi aceite por vocês (obrigada por isso. Vocês são fantásticas!), não estava contente com o caminho que os posts estavam a levar. Quem sou eu, que não percebe grande coisa de moda, para esta a criticar grandes nomes da moda e as suas criações? Então, decidi comentar uma tendência e vamos lá ver se consigo manter esta rubrica ativa durante muito tempo.


Dizem que os bordados estão na moda. Deve ser das poucas tendências que eu adoro! Os bordados começaram como remendos para tapar os buracos da roupa. Agora, são uma super tendência e, na maioria dos casos, já não são usados como remendos mas como forma de expressão.

Esta tendência foi vista nas passerelles ao longo dos anos mas foi em 2016 que passou para as lojas. 
Podemos ver bordados em todas as peças de roupa (todas mesmo!) e, claro, há sempre quem exagere e crie um look só com peças bordadas. Deixo-vos aqui um exemplo.

Sei que disse que não ia comentar grandes nomes da moda mas não resisti. Eu gosto das peças em separado mas junto não resulta. E aquele cabelo também não ajuda. Será que este é o look para sobreviver a um tornado? Aquele cabelo já viu um de certeza. Mas quem sou eu para opinar sobre cabelos...

Adoro ver bordados nas camisolas, camisas, casacos, saias, chapéus, malas e sapatos.


O que mais gosto sobre esta tendência é que é muito fácil de transformar uma simples t-shirt branca numa peça muito trendy ao bordá-la. Amanhã trago-vos algumas ideias e tutoriais de bordados.

E vocês gostam desta tendência?

6.8.17

55 Factos Sobre Mim

Quem diria que estou a conseguir fazer o BEDA sem falhar? Estou orgulhosa de mim!

Desde que comecei o blog que me têm pedido para fazer um post com alguns factos sobre mim. É isso mesmo que venho fazer hoje.



  1. Tenho 17 anos mas costumam dar-me sempre mais uns aninhos.
  2. Andei 5 anos no conservatório e tocava flauta transversal.
  3. Nunca tive mais que um ano em alguma modalidade: desde ginástica, patinagem, natação...
  4. Não gostava de ler até que li Will e Will e a partir daí passou a ser um dos meus hobbys.
  5. O artesanato e os DIYs sempre fizeram parte da minha vida.
  6. Adoro vídeos de conspirações e paranormais.
  7. Acredito em aliens e espíritos.
  8. Não gosto de ter as unhas pequenas.
  9. Prefiro vozes mais graves.
  10. Por isso eu prefiro cantores a cantoras.
  11. Adoro arte! Seja quadros, teatro, cinema, música, arquitetura...
  12. Sempre tive facilidade para as línguas estrangeiras.
  13. Sei falar inglês, espanhol e alemão (e português como é óbvio).
  14. Tive muitas profissões de sonho mas trabalhar num hotel é algo que sempre me vi a fazer.
  15. Daí eu querer tirar a licenciatura em turismo.
  16. Gosto de ir a feiras de artesanato.
  17. Custam-me entrar em lojas e não comprar nada. Especialmente em lojas locais.
  18. Também me custa não ajudar os sem abrigo ou os pedintes (aqui também me refiro aos músicos de rua, artistas de rua, aqueles que pedem enquanto nós estamos no carro).
  19. Se vejo um e não posso dar nada, fico logo triste, começo a pensar no que lhes possa ter acontecido para estarem ali e lágrimas vêem-me aos olhos. Acontece sempre.
  20. Adoro fotografia e edição de imagem.
  21. E viajar.
  22. Mas nunca saí do país.
  23. E nunca fui às ilhas.
  24. Prefiro frio a calor.
  25. Chuva a sol.
  26. Piscina a praia.
  27. Campo a cidade.
  28. Faço imensos filmes na minha cabeça sobre tudo.
  29. Sou uma pessoa muito desconfiada.
  30. E posso parecer que sou envergonhada.
  31. Mas isso é só se não estiver à vontade. Porque se estiver, sou a pessoa mais irritante que conhecem.
  32. Gosto de pensar que tenho sentido de humor.
  33. Nunca parti uma parte do corpo.
  34. Mas já fiz várias cirurgias.
  35. Sou muito distraída. Se me virem na rua e eu não vos disser nada é porque não vos vi.
  36. Pintei o cabelo constantemente durante quase 5 anos.
  37. A primeira vez que pintei o cabelo tinha 12 anos e fiz madeixas loiras.
  38. Dois anos depois pintei de roxo (o nome técnico é violino), depois de vermelho (natural. Não era tão vivo mas notava-se que era vermelho), preto em baixo e vermelho em cima (vermelho vivo!), castanho avermelhado (ou vermelho acastanhado?), violino, vermelho, verde e por fim azul. Estes dois últimos estilo californianas.
  39. Agora o meu cabelo está na sua cor natural. Apesar de estar a nascer mais loiro do que castanho.
  40. Tenho pavor a insectos e repteis.
  41. É raro andar com maquilhagem.
  42. Isto porque sou demasiado clara e as bases (ou bb cream) são sempre mais escuros que o meu tom de pele.
  43. Adoro cães!
  44. E não gosto de os ver perto de estradas porque tenho medo que sejam atropelados.
  45. Odeio ver cães maltratados ou abandonados.
  46. Adoro crianças e elas também me adoram. Não é que me esteja a gabar.
  47. Depois de os meus pais descobrirem que eu era uma rapariga, o médico disse que eu era rapaz porque o meu coração era muito acelerado.
  48. Fico nervosa por tudo e por nada.
  49. Tenho 1,59 cm.
  50. Adoro filmes de animação e desenhos animados.
  51. E policiais!
  52. Há uns anos, comecei a dizer que o meu pai era o Johnny Depp e a minha mãe, o David Beckham. Não sei porquê.
  53. Sou apoiante da comunidade LGBTQ+!
  54. Sou fascinada por rapazes que usem maquilhagem, Drag Queens e Kings.
  55. Adoro massas mas não como glúten.
E não é que consegui escrever 55 factos sobre mim? Acharam alguma coisa interessante ou fora do normal? Temos coisas em comum? 

5.8.17

Opinião || Confesso (Livro e Série)

Uma das coisas que mais queria trazer aqui para o blog eram opiniões. Não o fazia porque era raro encontrar algo que me fizesse querer escrever uma opinião. Bem, encontrei algo! Agradeço à Colleen Hoover pela inspiração e por escrever um livro maravilhoso.

Título Original: Confess
Autores: Colleen Hoover
Editora: Topseller
Edição: 2016
Páginas: 256
ISBN9789898839503

Sinopse
Jovens apaixonados com demasiadas verdades escondidas. Há segredos que não devem ser revelados.
Auburn Reed tem toda a sua vida planeada. Não há espaço para erros ou imprevistos. Até que, um dia, entra num estúdio de arte e conhece Owen Gentry, o enigmático artista dono do estúdio. Auburn sente, de súbito, que algo muda dentro dela e decide deixar-se levar pelo coração.
Owen, contudo, guarda segredos que não quer ver revelados. As escolhas do seu passado não parecem permitir-lhe um futuro livre, e Auburn tem demasiado a perder se decidir lutar por ele. A única forma de não pôr em risco tudo o que é importante para si é deixar Owen. Confessar é tudo o que ele tem de fazer para salvar a relação de ambos. Mas, neste caso, a confissão pode ser muito mais destrutiva do que o próprio pecado.

Será o amor capaz de sobreviver à verdade?
Confesso é uma história de imenso amor e coragem, que nos faz acreditar em segundas oportunidades.

Opinião
Não consigo expressar o quanto adorei este livro! Colleen Hoover é a minha autora preferida e eu apenas li 2 livros dela, Confesso e Too Late. Ela é também a única autora que me conseguiu fazer chorar ao ler livros. Em ambos os que li! É incrível. Apesar de me ter feito chorar, também me fez rir. E muito!
Eu adorei o livro mas já esperava que isso acontecesse. Foi diferente de tudo o que li. As reviravoltas que a história teve foram fantásticas e eu não previ nenhuma delas. Adorei o modo como o Owen e a Auburn estavam ligados mesmo antes de se conhecerem. Esse foi um ponto a favor do livro!
Não achei o romance ser "instalove" mas percebo o porquê de muito acharem. O Owen é o sonho de qualquer rapariga: simpático, atraente, muito divertido e querido. Nota-se que ele se preocupa com Auburn, mesmo antes de o romance acontecer.
Também me irritei com 2 personagens, Trey e a Lydia. Nunca gostei deles.




A série foi igualmente boa! Apesar de ser diferente do livro, a essência está lá. Houve uma cena que eu achei que faltava mas tirando isso está tudo lá. Só tem 7 episódios e cada um tem cerca de 20 minutos. É algo que se vê muito rápido e ficamos viciados na história. Isso é graças à escrita da Colleen. Curiosamente, a Colleen aparece na série também! Gostei muito que a tivessem incluído.
Com a série, passei a amar ainda mais o Owen e a detestar o Trey. Os atores fizeram um trabalho fenomenal! Adoro.

4.8.17

Top 5 || Livros

Já mencionei algumas vezes aqui no blog que gosto de ler mas nunca cheguei a dizer quais são os meus livros preferidos. Hoje é o dia em que vão saber o que mais gosto de ler e quais os 5 livros que mais gostei de ler. Antes de começar, quero dizer que não há nenhuma ordem. Gosto deles da mesma maneira por motivos diferentes.

1- Will e Will
Este foi o livro que me fez gostar de ler. Sei que muitos não gostam e que acham demasiado infantil. Adorei o Will de David Levithan e a personagem Tiny (que de pequeno, não tem nada). Se quiserem saber mais sobre a minha opinião, vejam este post.









2- Tenho o Teu Número
Não houve nada que eu gostasse menos neste livro. Até mesmo a família snobe de Magnus, o noivo de Poppy, tinha algo que tornou a história mais real. As reviravoltas foram brilhantes e eu não previ nenhuma delas, a não ser uma, que se torna bastante previsível, nos últimos 2 capítulos. Dei por mim a rir e a pensar "não! não faças isso... Não vais mesmo fazer isso... Oh Deus..." e depois ela fazia asneira, porque é a Poppy e ela faz sempre asneira, e eu ria mais! Foi o primeiro livro da autora que eu li e já ando a ler o Louca por Compras (que não estou a gostar muito).






3- After
Ainda não consigo expressar em condições o meu amor por este livro! Comecei com nenhumas expectativas por pensava que ia ser mau. Quer dizer, isto é uma fanfiction sobre One Direction (banda que eu nunca gostei). Eu adoro fanfictions mas esta nunca me puxou. Um dia  decido começar a ler e fiquei viciada! O Hardin e o Landon são os meus preferidos deste livro. Ainda não continuei com o resto dos livros mas quero muito. Foi o livro que me fez gostar de New Adult.






4- Too Late
O primeiro livro que li da Colleen Hoover foi Too Late. Li-o no Wattpad e só demorei um dia. É diferente de tudo o que já li e é por isso que gostei tanto dele. Também é New Adult mas este aborda temas mais sérios. Como seria de esperar, eu adorei o protagonista masculino. Ri muito mas também chorei (pela primeira vez!) com o livro. A escrita é brilhante e as reviravoltas da história também o são.







5- Confesso
Tinha de encaixar o Confesso nesta lista. Sim, tenho 2 livros da Colleen Hoover na mesma lista mas não faz mal. Ela é maravilhosa! Os l2 livros são muito diferentes um do outro mas são ambos fantásticos. A personagem masculina deste livro é brilhante e depois de ver a série ainda fiquei a gostar mais dele. Adoro o Owen! A opinião sobre este livro irá sair amanhã.








Este foi o post de hoje. Quais são os vossos livros preferidos? Já leram algum destes?